postrb

Todos para a cozinha já!

Algumas semanas atrás fiz um post aqui no blog da Vivah falando sobre o papel dos cheiros dos ingredientes durante o preparo das refeições. Terminei o texto fazendo um convite para que vocês cozinharem mais vezes juntos, assim todos poderiam sentir os cheiros da cozinha. Esse convite teve uma resposta que me deixou muito feliz.

Tinhamos marcado um almoço de domingo em um grupo de amigos, e estávamos discutindo sobre o que iríamos comer. Já tinhamos algumas sugestões e quando estávamos fechando as opções um amigo falou: “Vamos todos fazer as compras juntos, lá fechamos o cardápio, depois a gente vem aqui pra casa e cozinhamos, como você escreveu no blog”. Feliz por um dos meus textos ter causando um impacto positivo nas pessoas respondi“maravilha! vamos todos a feria livre então! Nos encontramos lá no domingo de manhã”.

O domingo amanheceu com o céu bem azul, e foi com esse cenário que nos encontramos na barraquinha de pastel, para tomar o “café da manhã”. Entre um pastel e outro fechamos o cardápio: a entrada seria folhas verdes com queijo colonial, o prato principal seria polpetone recheado ao molho de tomate e manjericão e fetuccini de massa fresca no azeite, de sobremesa resolvemos fazer peras ao vinho. Com isso definido fomos as compras, encontramos quase tudo na feira, ai era só cozinhar!

O plano era se dividir e começamos assim: enquanto um higienizava as folhas, outro cortava o bacon e outro fatiava o queijo. Com essas três coisas prontas fomos para as próximas etapas do preparo, era hora de fazer o molho de tomate, que demora um pouco mais para ficar pronto: azeite, alho picado e tomate pelati no fogo baixo, deixamos cozinhar por uns 40 minutos. Ao mesmo tempo era feito o polpetone, maminha e patinho moídos com pequenos pedaços de bacon, um pouco de pimenta e ponto! Só faltava rechear com o queijo colonial e selar na frigideira com um pouco de azeite e sal, por ultimo era só montar em um refratário os dois polpetones com o molho de tomate, fatias de bacon (sim bacon, muito bacon!) sobre cada um deles e finalizar com queijo por cima, isso foi ao forno por 30 minutos.

As peras foram descascadas e levadas à panela de pressão com vinho tinto, açúcar e canela e por lá ficaram também por 30 minutos perfumando toda a cozinha. Só faltava cozinhar o fetuccini na água com um pouco de sal, fazer o tempero da salada e servir a mesa, afinal já estávamos todos ansiosos para provar o resultado dessa cozinha coletiva.

Com satisfação afirmo que nossas expectativas foram superadas, tudo estava muito gostoso, mas o que ficou marcado não foi aquele polpetone suculento com aquela massa ao dente combinando com aquele espumante rosé que provamos, foi sim a vivência que tivemos atrás do balcão daquela cozinha, o papo que saiu durante os preparos e na mesa e os cheiros que invadiram todo o apartamento, saímos de lá todos satisfeitos daquele banquete. Afinal cozinha é muito mais do que os sentidos, também é um espaço para compartilhar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>