N2_Imagem-3

Ao redor da boa mesa!

Aprendi, desde muito cedo, que “boa mesa” é algo que vai muito além da ideia de “boa comida”. Sentar-se à mesa é um convite ao diálogo, a troca de experiências e, portanto, também à aprendizagem. Dos encontros familiares, que costumam reunir histórias e o conhecimento de diferentes gerações, esta forma de aprender ganhou os espaços de interação e convívio nas organizações.

Quando queremos conversar com alguém, chamamos a pessoa para um café, fechamos negócios em almoços mais demorados e realizamos verdadeiras integrações com diferentes equipes nos chamados happy hours. Momentos de interação geradores de intensa aprendizagem e que ocorrem de maneira mais orgânica e dinâmica quando estamos ao redor da boa mesa! Isto porque, ainda que não se perceba, há diversos elementos de significando agindo durante estes pequenos rituais.

Lembro de uma oportunidade em que fui convidado para realizar um Papo de Valor na comemoração de aniversário de uma empresa. A proposta era contar um pouco da história da organização, ressaltando os momentos críticos e aprendizados, homenageando alguns personagens ícones, entre colaboradores e também parceiros do negócio, resgatando o papel de cada um nos resultados alcançados naquela jornada. Havia apenas um problema, em relação ao tempo, pois imaginava-se que o ideal seria apresentar tudo depois do jantar, o que faria com que o evento se estendesse noite a dentro.

Elaboramos uma proposta diferente, em que o Papo de Valor seria apresentado de maneira integrada ao jantar, com intervenções feitas na apresentação de cada um dos pratos, relacionando os ingredientes e o modo de preparo às diferentes fases da história dos fundadores e colaboradores, culminando com o bolo de aniversário, ícone máximo no imaginário de uma celebração como aquela!

Era difícil saber se a história da empresa ajudava a apresentar os pratos, ou se a seleção minuciosa do cardápio contribuiu para mostrar todo o potencial alcançado pelo negócio de uma maneira criativa e até sedutora. O fato é que os próprios convidados se sentiram como parte daquele diálogo, sendo mais do que uma platéia, passando a fazer parte das histórias compartilhadas.

Naquela noite, a empresa conseguiu reunir seus líderes e gestores, colaboradores e fornecedores, além de muitos clientes, todos em torno de sua história, contada ao redor da boa mesa, inspirando significados, desde a importância da harmonização dos ingredientes, fazendo menção aos diferentes talentos envolvidos no sucesso do negócio, passando pela primazia da apresentação, abordando o papel da reputação sólida, até o brinde, essência do reconhecimento a todos que haviam tornado um sonho em conquistas.

Cada momento de interação, do cafézinho ao happy hour, do jantar de confraternização ao coquetel de lançamento de uma nova campanha, serviço ou produto, cada momento ao redor da boa mesa pode se tornar numa nova oportunidade de aprender!

Deixe uma resposta