fernando

Comida de época

Quase todo fim de semana levanto da cama de manhã, troco de roupa, pego o meu carrinho de feira e saio de casa em direção a uma praça que tem aqui perto de casa. Faço isso sempre aos sábados porque lá tem uma feira livre só de produtos orgânicos, que colorem as bancas e que formam a base do cardápio da semana aqui em casa.

Um hábito que, além de trazer diversidade de sabores muito mais agradáveis para os meus pratos, me ajuda a entender um conceito que orbita a gastronomia e que fortalece toda a cadeia de produtores familiares: a sazonalidade.

Apesar de ser um conceito bem concreto em países como Itália e França, aqui em terras brasileiras ele ainda busca o seu espaço e reconhecimento.

De maneira simples a sazonalidade consiste no reconhecimento da época, e reflete o tempo de crescimento de cada planta e como a variação do clima interfere nos alimentos que podemos comer na estação.

Na feira de orgânicos quem manda é sempre a natureza, é ela que diz quando os legumes, verduras e frutas podem ir para as nossas cozinhas. Por isso, saio de casa sempre com a lista de compras em branco e a preencho na primeira volta que dou entre as barracas, ai vou comprando e pensando nos pratos que vou fazer com eles.

Nesse mês de julho as barracas estão cheias de cenoura, rabanete, mandioca, batata-doce, inhame, nabo, batata-salsa, gengibre, alface, agrião, repolho, couve-flor, rúcula, chicória, couves, brócoli, espinafre, salsinha, cebolinha, alho-poró, ervilha, abóbora moranga, vagem, tangerina, laranja, kiwi, abacate e limão. Todos alimentos típicos do inverno curitibano.

Outro prazer que o hábito de ir a feira me traz é o da boa prosa. Nessas feiras sempre há a possibilidade de conversar com quem passa o seu dia-a-dia com a mão na terra, plantando e cultivando os futuros ingredientes das nossas receitas. Cada fim de semana aprendo algo novo sobre a sazonalidade e sobre o respeito com a natureza.

Por tudo isso te convido a vivenciar esse lado romântico das feiras livres. Lugares de aprendizados e de prazeres escondidos em pequenos detalhes. Veja aqui, nesta lista da prefeitura de curitiba, qual é a feira mais próxima da sua casa e se programa para cultivar um bom novo hábito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>